jusbrasil.com.br
22 de Setembro de 2019
    Adicione tópicos

    AMP/RS homenageia antigos associados

    Duas figuras históricas do Ministério Público gaúcho foram homenageadas nesta segunda-feira (24) pela AMP/RS. Convidados de honra na festa que marcou os 70 anos da entidade de classe, em 7 de outubro, eles não puderam comparecer, mas receberam ontem, em casa, a visita de membros da diretoria.

    As trajetórias de vida dos procuradores de Justiça João Lyra de Faria, de 95 anos, e Francisco de Paula Azevedo Veiga, 84 anos, se confundem com a da Associação e da própria Instituição. Por coincidência, ambos, hoje viúvos, ingressaram no Ministério Público aos 24 anos de idade. Fizeram carreira pelo Interior até que chegaram à Capital.

    Faria, aliás, já integrava o MP gaúcho um ano antes da fundação da Associação, em 1941. Natural de Candiota, ele foi aprovado no primeiro concurso para promotor na Instituição e passou pelas comarcas de Pinheiro Machado, Rosário do Sul, Jaguarão, Canguçu, Erechim e Bagé, até chegar a Porto Alegre. É o mais antigo associado da AMP e manifestou grande alegria ao ser lembrado pela entidade nessa data festiva. Ao lado da filha, do genro e do neto, o promotor Luciano de Faria Brasil, ele brindou com o presidente da AMP, Victor Hugo Palmeiro de Azevedo Neto, o vice Sérgio Harris e o diretor de Mútua e Convênios, Cezar Antonio Rigoni.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)